Wednesday, 24 de July de 2024
32°

Tempo limpo

Manaus, AM

Senado Federal Senado Federal

Senado pode votar na quarta a regulamentação da profissão de sanitarista

A regulamentação da profissão de sanitarista, profissional responsável por planejar e coordenar atividades de saúde coletiva, está na pauta do Plen...

18/09/2023 às 17h30
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
Combate ao mosquito da dengue é uma das atividades que dependem de trabalho de planejamento de sanitaristas - Foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil
Combate ao mosquito da dengue é uma das atividades que dependem de trabalho de planejamento de sanitaristas - Foto: Marcelo Camargo/Agencia Brasil

A regulamentação da profissão de sanitarista, profissional responsável por planejar e coordenar atividades de saúde coletiva, está na pauta do Plenário de quarta-feira (20). Também podem ser votados dois projetos de decreto legislativo que tratam de acordos internacionais, além de uma indicação para a embaixada de Mianmar. A sessão está marcada para as 14 horas.

O projeto que regulamenta a profissão de sanitarista ( PL 1.821/2021 ), do deputado licenciado Alexandre Padilha (PT-SP) — hoje ministro das Relações Institucionais —, já foi aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) tem pedido de urgência para a votação em Plenário.

Além de planejar e coordenar atividades de saúde coletiva nas esferas pública ou privada, profissionais também monitoram notificações de risco sanitário e atuam em ações de vigilância em saúde. Pelo texto, podem atuar como sanitaristas os profissionais formados em cursos de graduação, mestrado ou doutorado na área de Saúde Coletiva. Graduados na residência médica em Saúde Coletiva e portadores de certificado de especialização na mesma área também podem exercer a profissão.

Os formados no exterior deverão validar o diploma no Brasil para que possam trabalhar. Quem não possuir essa formação poderá atuar como sanitarista desde que comprove nível superior e que já trabalhe na área por pelo menos cinco anos. Para exercer a atividade, será preciso registro prévio em órgão do SUS.

Na CAS, a relatora foi a senadora Ana Paula Lobato (PSB-MA), que recomendou a aprovação do texto sem mudanças. Se aprovado sem modificações, o texto não precisará voltar à Câmara dos Deputados e irá à sanção.

Acordos

Também estão na pauta dois projetos que tratam de acordos internacionais. O PDL 164/2022 aprova o texto do acordo sobre facilitação de comércio no âmbito do Mercosul. Já o PDL 1.130/2021 ratifica o texto do acordo assinado entre os governos do Brasil e da África do Sul sobre parcerias em coproduções audiovisuais. Ambos já foram aprovados pela Comissão de Relações Exteriores (CRE)

Além dos projetos, a pauta tem a indicação de Indicação de Gustavo Rocha de Menezes para o cargo de embaixador do Brasil em Mianmar ( MSF 55/2023 ). O indicado já foi sabatinado pela CRE em agosto e teve o nome aprovado pelos senadores da comissão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Manaus, AM Atualizado às 11h04 - Fonte: ClimaTempo
32°
Tempo limpo

Mín. 23° Máx. 34°

Thu 35°C 23°C
Fri 35°C 24°C
Sat 35°C 24°C
Sun 35°C 25°C
Mon 35°C 25°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio